Deputada Federal Amália Barros Morre Após Complicações De Cirurgia

Escrito em 12/05/2024
Rafaela Bonifácio

No final da noite deste sábado (11), uma triste notícia abalou o cenário político brasileiro. A deputada federal mato-grossense, Amália Barros, de 39 anos, faleceu em um hospital em São Paulo, vítima de complicações após uma cirurgia para remoção de um nódulo no pâncreas. A parlamentar estava internada desde o dia 1º e enfrentou três procedimentos cirúrgicos adicionais após a retirada do nódulo, contudo, seu quadro de saúde permaneceu grave, culminando na necessidade de uma cirurgia no fígado.

Nascida em Mogi Mirim, São Paulo, em 22 de março de 1985, Amália Barros foi uma figura de destaque não apenas na política, mas também na sociedade brasileira. Formada em jornalismo, sua vida foi marcada por um drama pessoal que se transformou em uma batalha inspiradora. Aos 20 anos, perdeu a visão do olho esquerdo devido a uma infecção por toxoplasmose, enfrentando 15 cirurgias até, em 2016, necessitar remover o olho, passando a utilizar uma prótese ocular.

Em 2021 lançou o livro “Se Enxerga!: Transforme desafios em grandes oportunidades para você e outras pessoas”, compartilhando sua jornada de superação. Fundou o Instituto Amália Barros, posteriormente renomeado como Instituto Nacional da Pessoa com Visão Monocular, através do qual promoveu diversas campanhas de arrecadação de recursos e doações de próteses oculares, beneficiando milhares de pessoas. Seu empenho também se estendeu à aprovação da Lei 14.126/2021, que reconheceu a visão monocular como deficiência sensorial, garantindo direitos e benefícios às pessoas afetadas.

Em 2022, Amália foi eleita deputada federal por Mato Grosso, recebendo mais de 70 mil votos, cerca de 5% do total do estado. Na Câmara dos Deputados, integrou comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, dos Direitos da Mulher e da Educação, entre outras, destacando-se por sua atuação dedicada e comprometida.

A repercussão de seu falecimento foi imediata, com líderes políticos e personalidades expressando pesar e homenagens. O ex-presidente Jair Bolsonaro lamentou profundamente a perda, destacando a amizade próxima que tinha com Amália. Michele Bolsonaro, ex-primeira-dama, também manifestou sua tristeza, lembrando com carinho da amiga.

Governadores, como Tarcísio de Freitas e Mauro Mendes, prestaram condolências à família e amigos da parlamentar, ressaltando sua dedicação à causa pública e seu legado de superação e amor ao próximo. Colegas de trabalho, como Fábio Garcia e José Medeiros, destacaram a importância de sua atuação política e sua representatividade em causas fundamentais.